sexta-feira, 15 de março de 2013

Poemas de Florbela Espanca ditos por Eunice Munõz: "Amiga", "De joelhos", "Sem remédio", "Fanatismo", "O meu orgulho" e "Saudades"

video
Florbela Espanca (Vila Viçosa8 de Dezembro de 1894 — Matosinhos8 de Dezembro de 1930), batizada como Flor Bela de Alma da Conceição Espanca, foi uma poetisa portuguesa. A sua vida, de apenas trinta e seis anos, foi plena, embora tumultuosa, inquieta e cheia de sofrimentos íntimos que a autora soube transformar em poesia da mais alta qualidade, carregada de erotizaçãofeminilidade e panteísmo. VER MAIS

Sem comentários:

Enviar um comentário