sábado, 22 de junho de 2013

Ladaínha dos póstumos natais, de David Mourão-Ferreira, dito por José- António Moreira

video
Amabilidade "Sons da Escrita"
David de Jesus Mourão-Ferreira (Lisboa, 24 de Fevereiro de 1927 — Lisboa, 16 de Junho de 1996) foi um escritor e poeta lisboeta.
Licenciado em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 1951, onde mais tarde em 1957 foi professor, tendo-se destacado como um dos grandes poetas contemporâneos do Século XX.
Na sua obra, são famosos alguns dos poemas que compôs para a voz de Amália Rodrigues, como Sombra, Maria Lisboa, Nome de Rua, Fado Peniche e sobretudoBarco Negro, entre outros.
David Mourão-Ferreira trabalhou para vários jornais, dos quais se destacam a Seara Nova e o Diário Popular, para além de ter sido um dos fundadores da revista Távola Redonda. Entre 1963 e 1973 foi secretário-geral da Sociedade Portuguesa de Autores. No pós-25 de Abril, foi director do jornal A Capital e director-adjunto do O Dia.VER MAIS 

Sem comentários:

Enviar um comentário